quinta-feira, 15 de setembro de 2011

CHEVY 56 Conversível



Belo automóvel...

16 comentários:

Nikollas disse...

Eu quero saber da BARATAAAAA! Que houve?????

Rui Amaral Jr disse...

Tá bonito esse carro!!!
Não gosto muito daquele estepe lá atrás.
Mas o carro está impecável...

Luís Augusto disse...

Estou com o Nik, tá demorando demais!!!

Dan Palatnik disse...

Estepe, saia, todos os opcionais, mesmo que o carro fique com duas toneladas continua sendo o mais bonito da história do automobilismo (na minha opinião, claro).

Belair disse...

Esse Dan e' um cara brilhante mesmo.Um bom gosto a toda prova.

Francisco J.Pellegrino disse...

Belair...vc tá colhendo as tâmaras ?

Nikollas disse...

Dan, concordo que é uma obra de arte mesmo, substacial. Difícil não olhar pra um e ter a sensação de totalidade e plenitude, ou seja, de que as linhas do 56 e para mim do 55 definem o que é um automóvel pela experiência de somente observá-las. Está tudo ali, inclusive o que não deveria ter sido alterado jamais.

Belair disse...

Ficou preocupado porque todo mundo parece concordar sobre o obvio?Nao ha' nada igual `a "santa" trindade55/56/57,meu amigo.
Mas tambem gostamos da sua baratinha,squenta nao,todos sempre tem mais um espacinho no coracao para o que e' belo,hehe.

Nikollas disse...

Belair, preciso te confidenciar um negócio. O 57 pra mim... é outro carro. Sei lá, acho que ele foi o primeiro Cross da GM. É muita coisa pendurada numa carroceria impecável! Meio burro de cigano! Eu sei, foi a crise e tal. Mas exageraram!

Francisco J.Pellegrino disse...

Esta santa trindade tira o sono da gente...dificil é escolher qual o mais bonito....

A barata eu já expliquei....é um coisa de infância quando ví uma delas lá no Jockey Club nos idos de 1965....o primeiro Porsche a gente jamais esquece...

Ron Groo disse...

Belo é pouco. Este carro é lindississímo...

Nikollas disse...

Pô, Chico, 1965? isso foi tão antigamente que naquela época as coisas ainda eram só em preto e branco, não é mesmo?

Rui Amaral Jr disse...

Pô Chico não vai contar tudo aqui!!!
Cadê minhas fotos????/

Irapuã disse...

Vocês têm esperança de ver um Porsche branco do Chico? Tô achando que é só uma história pra zoar com agente, kkkk.
Essa fotinho do Avatar dele foi tirada de um carrinho da Róti-uíls ou Matibóquis, que ele melhorou no fotochópi. Acho que ele nem existe...
Sobre o Chevy 56 tudo já foi dito!
That's the real think.

F250GTO disse...

Um componente de peso dos tri-chevys,
Dos tres, dificil escolher um.
Mas o 56 é um carro perfeito em todos os sentidos.
Inclusive esse com todos os acessórios de época.
O discutivel kit continental nesse modelo, cai bem.
Romeu.

regi nat rock disse...

"A barata eu já expliquei....é um coisa de infância quando ví uma delas lá no Jockey Club nos idos de 1965....o primeiro Porsche a gente jamais esquece..."

troque por um Legere 51 e vcs terão a explicação pra minha paixão, afinal, foi meu primeiro carro em 1966.

Se tivesse sido um fuscone, duvido que teria a mesma paixão do Chico. Realmente nunca fui com a cara deles. Tive um monte de fuscas mas a escolha era da praticidade, nunca do "desejo" de ter um. Inexplicável. Assim como não gosto de Chevrolet, apesar de apreciar a triade. Prefiro FOrd.