terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

ROADSTER 1936







Os freios traseiros parecem ter vindo diretamente do Corvette SS de 1957 mostrado lá no blog do Carlos Sheidecker...eu gostei demais do trabalho feito neste roadster 1936..sempre tive vontade de customizar os instrumentos como os utilizados nos aviões e hj temos pronto....as especificações da mecanica estão gravadas na placa...deliciem-se com as fotos..

11 comentários:

Ron Groo disse...

Feio não ficou, mas prefiro sempre os originais...

Belair disse...

Levou o tema da aviacao um pouco longe demais com essa cor.O carro merecia uma cor mais bonita,`a altura da engenharia.

M disse...

Tá aí ! Gostei deste !
Menos do interior, muito empetecado...
A VDO tem (ou tinha...) a linha Cockpit, com instrumentos assim, chamada

Irapuã disse...

Que o cara tem bom gosto é inegável, mas que tem bom bolso também.
Não tem muita coisa nesse painel, Chico? Deve ter reloginho indicando que o relojão está funcionando...

Francisco J.Pellegrino disse...

Ira, tb acho que o sujeito exagerou na dose da quantidade de relógios do painel..quanto a qualidade da obra eu gostei demais...o que o pessoal do ford-forever pensaria deste Ford ???

Mauricio Morais disse...

O cara não tinha grana pra comprar um Mustang P51 aí se virou com o carro mesmo. Ficou, digamos, meio ortodoxo. Não faz minha cabeça.

Irapuã disse...

Esse Ford seria aceito, mas só se fosse seu, Chico! rsrsrsrs

Joel Gayeski disse...

Bem diferente, gostei mesmo.

Joel Marcos Cesetti disse...

No conjunto geral gostei do carro.

Paulo Levi disse...

Eu até que queria não gostar, mas a verdade é que gostei. E muito.

Pé de Chumbo disse...

Gostei dos bancos trançados...Pra soltar uma bufa, é ideal, dispersa logo...